CASAMENTO

Niina Secrets e Guilherme Oliveira: Fotos do Casamento Civil na Casinha Quintal

28 de maio de 2018







 

Fotos: duoborgatto.com
Via: Inesquecível Casamento

0 comentários
Compartilhe:
CASAMENTO

Fotos de Casamento: Marina Ruy Barbosa e Xande Negrão ( casamento civil )

18 de setembro de 2017

marina-ruy-barbosa-e-xande-negrao-casamento-civil2marina-ruy-barbosa-e-xande-negrao-casamento-civil5.jpgmarina-ruy-barbosa-e-xande-negrao-casamento-civil4marina-ruy-barbosa-e-xande-negrao-casamento-civil1marina-ruy-barbosa-e-xande-negrao-casamento-civil6.jpgmarina-ruy-barbosa-e-xande-negrao-casamento-civil3

Imagens: Reprodução Instagram (@marinaruybarbosa)

0 comentários
Compartilhe:
CASAMENTO

Regime de Bens – Entenda como funciona cada um deles

15 de agosto de 2017

Ninguém se casa pensando em se separar mas o dia de amanhã é uma incógnita então não tenha medo ou vergonha de conversar sobre esse assunto antes do casamento com seu conjugue para não gerar frustrações ou desagradáveis surpresas futuras. O casal é livre para escolher o regime que melhor se aplica a eles e caso cheguem ao cartório sem ter pensado nisso antes, a lei determina que se aplique automaticamente a comunhão parcial de bens. Casais que vivem juntos, mesmo sem estarem casados no papel, também aplica-se automaticamente o regime de comunhão parcial de bens. Também é importante lembrar que o atual Código Civil admite alteração do regime de bens durante o casamento desde que ambos concordem.

  • Comunhão universal de bens
    Indicada para casais que vão começar uma vida do zero, ou seja… ninguém tem nada e vão comprar tudo  juntos depois do casamento, seja pra carro, moto, casa, apartamento.. pois no caso de separação, tudo vai ser dividido meio a meio independente de em qual nome foi registrado o bem.
  • Comunhão parcial de bens
    Indicada quando um dos dois já possuem bens materiais antes do casamento… mesmo que os dois ajudaram a comprar, vale o que está no papel, (está em nome de quem?). Se por ventura uma separação acontecer, cada um sai com aquilo que é seu por direito.
  • Separação total de bens
    O cônjuge não pode se desfazer de um bem, mesmo particular, sem que o outro concorde.
  • Participação final nos aquestos
    Os bens que o casal tinha antes do casamento e os que adquiriam depois do casamento permanece próprio de cada um como se fosse uma separação total de bens mas em caso de divórcio ou óbito, os bens que foram adquiridos durante o casamento serão partilhados em comum.

Fonte (via)

0 comentários
Compartilhe:
123